Erro ao digitar o comando cmake ..

Home Fóruns Fórum Reconhecimento de Faces e de Objetos com Python e Dlib Erro ao digitar o comando cmake ..

Visualizando 2 posts - 1 até 2 (de 2 do total)
  • Autor
    Posts
  • #23475

    — Selecting Windows SDK version to target Windows 10.0.18363.
    — The C compiler identification is unknown
    — The CXX compiler identification is unknown
    CMake Error at CMakeLists.txt:11 (PROJECT):
    No CMAKE_C_COMPILER could be found.

     

    CMake Error at CMakeLists.txt:11 (PROJECT):
    No CMAKE_CXX_COMPILER could be found.

     

    — Configuring incomplete, errors occurred!
    See also “C:/Users/felip/Desktop/Curso Dlib/dlib-19.21/tools/imglab/build/CMakeFiles/CMakeOutput.log”.
    See also “C:/Users/felip/Desktop/Curso Dlib/dlib-19.21/tools/imglab/build/CMakeFiles/CMakeError.log”.

    #23476
    Léo Silva
    Membro

    Alguns alunos deste curso tem encontrado dificuldade em instalar o cmake ou o imglab principalmente no Windows, em especial na versão 10.

    Neste curso, só  existe a necessidade do cmake para gerar o imglab.

    O problema com o cmake  ou com o imglab é que dependem da configuração da máquina do aluno, ou seja, no caso dependem das versões das bibliotecas utilizadas principalmente do python e das suas dependências.

    Neste curso, por uma questão didática optamos por instalar o imglab a partir do seu código fonte utilizando o CMake.

    No entanto, alguns alunos indicaram o site abaixo que já tem imglab pronto para execução dependendo do sistema operacional da máquina. Veja em:

    https://github.com/futurice/intro-to-object-detection/tree/master/imglab

    Se sua máquina for 32 bits utilize o executável imglab_win32.exe

    Se sua máquina for 64 bits utilize o executável imglab_win64.exe

    Também existem versões para o Mac e o Ubuntu.

    Também a ferramenta imglab está disponível na internet em  https://imglab.in/#

    Quando elaboramos este curso, provavelmente não existiam ou não tínhamos conhecimento nem dos executáveis citados acima nem do imglab que executa na web.

    Portanto, seguimos a orientação no site do autor do Dlib, Davis King,  para fazer a ‘compilação’ da ferramenta imglab utilizando o cmake.

    Atualmente eu concordo em utilizar a ferramenta pronta, mas para quem quiser, não deixa de ser um exercício interessante utilizar o cmake, que dependendo do caso pode ser necessário na vida profissional.

    O imglab é uma ferramenta de anotação, que foi elaborada pelo autor do Dlib, Davis King, que a utilizou para fazer alguns dos modelos que foram vistos no curso.

    A grosso modo, ela pode marcar retângulos em uma imagem para utilizar na fase de detecção ou marcar diversos pontos de referência na imagem para usar na fase de detecção de pontos de referência de um objeto na imagem, como no exemplo dos relógios citado no curso.

    Você pode com certeza utilizar alguma outra ferramenta de anotação, sendo que existem várias disponíveis na internet.

    Um site interessante para ver este tipo de ferramenta é o supervise.ly ou superannotate.com.

Visualizando 2 posts - 1 até 2 (de 2 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.