Navegador de GPS treinado com redes neurais tem precisão inédita

Os últimos anos passaram por uma revolução no mundo do transporte com a popularização dos aplicativos de navegação por GPS. Pela primeira vez, ganhávamos independência para trafegar por locais até então desconhecidos, recebíamos sugestões para evitar congestionamentos e tínhamos uma previsão do tempo de deslocamento baseada em informações atuais. Entretanto, na direção contrária do que indicava a intuição, os congestionamentos ainda são uma realidade que parece estar se agravando. Os veículos autônomos serão ainda mais dependentes de sistemas que tracem rotas. Mas como toda tecnologia de adoção recente, a navegação por GPS é terreno fértil para que inovações tragam melhorias consideráveis.

Foi nesse terreno que a empresa INRIX desenvolveu uma solução que chega agora ao mercado. Fundada em 2005, a INRIX foi pioneira na utilização de dados coletados em estradas e veículos para modelar transporte. Foi a primeira companhia a lançar uma rede de tráfego virtual, o Open Street Map, que coleta dados automaticamente de sensores mas também é alimentada por usuários, e a primeira a implementar soluções independentes de mapa, o que lhe dava mais resolução na determinação de rotas e tráfego. Hoje ela é uma das principais provedoras de dados de tráfego em tempo real. Seus clientes são empresas físicas, empresas de estacionamento e transporte, e governos interessados em planejamento.

O novo produto, INRIX AI Traffic, aplica várias inovações recentes em software e hardware no mundo da inteligência artificial para entregar uma solução que se destaca de seus concorrentes. O sistema geoespacial foi inicialmente treinado usando redes neurais convolucionais numa base de dados contendo trilhões de instâncias coletadas ao longo de 14 anos, incluindo informações diversas como posição, velocidade e condições climáticas, e vai continuar treinando conforme novos dados forem coletados em tempo real. O processamento é feito em nuvem, o que garante estabilidade e menor latência entre o recebimento dos dados e a entrega dos resultados. Os dados também são mantidos na nuvem, o que confere ao sistema escalabilidade conforme mais dados forem sendo coletados e precisem ser armazenados.

Essa infraestrutura é responsável pelos pontos fortes do INRIX AI TRAFFIC, conforme comunicado pela empresa: previsão de tempo de deslocamento mais precisa, já que os cálculos não envolvem apenas as condições de tráfego atuais, mas também possíveis mudanças provocadas, por exemplo, pelo início de horários de pico ou pela possibilidade de chuva; atualizações instantâneas, sejam nas condições de tráfego, seja na ocorrência de imprevistos como acidentes; precisão por pista, o que é um grande diferencial já que os sistemas atuais consideram todas as pistas como uma única estrada; e cobertura global, incluindo estradas de baixa movimentação, cujas condições de tráfego não são cobertas pela maioria das alternativas no mercado. O navegador ainda aprende os hábitos do motorista – de horário, perfil de direção e rotas preferidas – para fazer sugestões que otimizem o tempo de deslocamento e o nível de segurança.

O aplicativo que incorpora o INRIX AI TRAFFIC está disponível na App Store e no Google Play.