Empresa anuncia primeiro sabor gerado com IA

Os últimos anos têm visto um aumento consistente da demanda de produtos alimentícios substitutos de carne a base de plantas. Esta tendência parece ter se acentuado após o início da pandemia do novo coronavírus, já que dietas vegetarianas são percebidas como mais saudáveis pela população. A fabricação de produtos vegetais que imitem as versões com proteína animal depende, entre outras características, de sabores que devem ser adicionados para que a experiência gustativa seja a mais próxima possível.

A empresa suíça Firmenich tem mais de 125 anos produzindo sabores e fragrâncias. Em 2018, eles inauguraram um laboratório digital para auxiliar seu processo de desenvolvimento com tecnologia computacional. Há poucos dias, esta divisão anunciou, em parceria com a Microsoft, a criação do primeiro sabor gerado com auxílio de inteligência artificial. Com composição natural, o novo sabor de carne levemente grelhada foi considerado excelente por um comitê de avaliação sensorial.

A Microsoft colaborou com o projeto através das tecnologias em nuvem presentes na plataforma Azure, permitindo a exploração da vasta base de dados da empresa de sabores. O objetivo da Firmenich é usar a inteligência artificial como ferramenta adicional para que seus especialistas tenham um melhor ponto de partida a partir do qual possam desenvolver sabores excepcionais. Esta abordagem, inclusive, é referenciada pela empresa como criatividade aumentada. A tecnologia permite, por exemplo, construir um pool otimizado de opções que atendam a exigências específicas, como matérias-primas orgânicas ou que cumpram determinada regulamentação, como aquelas relacionadas à redução de geração de resíduos. Assim, os especialistas podem se concentrar no trabalho de retoque final, fazendo com que produtos inovadores, potencialmente mais saudáveis e de menor impacto ambiental, cheguem ao mercado mais cedo. Os clientes diretos da Firmenich são empresas do ramo alimentício, que estarão em busca de sabores para suprir as necessidades atuais de seus próprios consumidores. Já que estas necessidades costumam surgir e mudar rapidamente, é essencial que o desenvolvimento de sabores compatíveis também tenha uma dinâmica acelerada, por isso a inclusão de inteligência artificial no processo é bem-vinda.

A Firmenich já está em estágio avançado no desenvolvimento de outros sabores gerados por inteligência artificial direcionados a outras indústrias alimentícias.