IA da Meta transforma desenhos infantis em animação

A Meta, empresa-mãe do Facebook, desenvolveu uma inteligência artificial capaz de animar desenhos feitos por crianças, dando vida às manifestações artísticas infantis. O sistema reconhece os limites de figuras humanas apresentadas nas imagens, estabelece pontos relevantes como a posição dos olhos e dos membros, e transfere movimentos a este arcabouço, fazendo o personagem correr, dançar e pular.

A tarefa teve um grau particular de dificuldade. A primeira etapa envolveu distinguir as figuras humanas do fundo e de outros tipos de personagens presentes. A princípio, seria possível aplicar uma máscara convolucional para isso, mas os desenhos infantis não costumam ser muito realistas, e cada criança tem uma maneira particular de representar pessoas. A solução encontrada foi utilizar um modelo de detecção de objetos da empresa, que já havia sido treinado com um banco de dados extenso, mas como estes dados continham objetos reais e não desenhos, o sistema teve que ser treinado adicionalmente com esta finalidade em mente. Os próprios funcionários da Meta cederam desenhos feitos por seus filhos para realizar esta etapa. Uma vez que as figuras humanas são identificadas, o sistema aplica uma série de operações morfológicas e etapas de processamento de imagem para a sua segmentação.

Na sequência, as figuras bidimensionais são animadas usando pontos tridimensionais capturados em um estúdio, da mesma forma que são feitas as animações tradicionais e os personagens gerados por computação gráfica.

Os pesquisadores esperam que, num futuro não muito distante, a inteligência artificial ajude a animar desenhos complexos de vários personagens, interagindo com o cenário, facilitando assim tanto a geração de animações lançadas por estúdios quanto de animadores amadores e, claro, de crianças interessadas em gerar suas próprias histórias. Com óculos de realidade aumentada, por exemplo, uma criança poderia em poucos minutos estar interagindo com os personagens que acabou de criar.

O sistema pode ser testado aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.