G1 usa IA para publicar resultados das eleições em todos os municípios brasileiros

Pela primeira vez, um portal de notícias brasileiro usou inteligência artificial para divulgar os resultados das eleições em todos os municípios, de forma personalizada. O G1, da empresa Globo, publicou entre os dias 15 e 16 (dia da votação e o seguinte) um texto discriminando os candidatos vencedores, seus dados públicos, dados gerais sobre o resultado e informações sobre coligações políticas, além de dados relevantes ao segundo turno onde é o caso, em 5567 dos 5568 cidades do país – só ficou de fora Macapá, onde as eleições foram adiadas devido à falta de energia elétrica no estado.

Esta realização foi possível graças a uma colaboração entre a central de jornalismo e a área de tecnologia da empresa. O pessoal responsável criou nos meses anteriores à eleição uma base de dados com as informações relevantes coletadas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), adaptada para ser utilizada na etapa seguinte. Algoritmos de processamento de linguagem natural foram empregados para utilizar essas informações na redação de textos corridos, mantendo a coesão e coerência linguística. Como esta é a primeira vez que a iniciativa é realizada, os textos foram revisados e complementados, se necessário, antes da publicação no portal. O último resultado foi disponibilizado na segunda, às 19h59, após a finalização da apuração.

Esta foi uma solução interessante adotada pelo canal de notícias para tornar as informações acessíveis de uma forma mais fluida, sem que ficassem restritos à utilização de tabelas e gráficos. Em textos de natureza padronizada como é o caso, a inteligência artificial já está suficientemente avançada para entregar resultados competentes e precisos.

Para checar como o algoritmo da empresa se saiu na sua cidade de interesse, visite o link.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.