Rede Globo investe em cenários virtuais criados por IA

A pandemia do novo coronavírus popularizou o trabalho remoto e as interações profissionais através da internet. As produtoras de conteúdo televisivo também tiveram que adaptar a forma de gravar os programas para respeitar os protocolos de segurança e distanciamento social. Neste período, se tornaram comuns os programas no formato de conferência virtual, onde os apresentadores e convidados interagem a partir de sua casa via computador. Esta nova forma de apresentar conteúdo trouxe novos desafios às produtoras, já que os feeds individuais devem ser integrados em um cenário que respeite a identidade visual do programa e proporcione uma interação natural.

Tomando a iniciativa, a Rede Globo desenvolveu um sistema de cenografia virtual que utiliza inteligência virtual e hardware da NVIDIA para a criação de ambientes tridimensionais com qualidade fotorrealista. O projeto, batizado de Virtualcast, permite a adaptação do cenário em função do programa exibido, mantendo o elemento de novidade conforme a temática do programa.

O sistema foi primeiro usado no programa Futebol de Casa, da SporTV, que promove campeonatos virtuais onde jogadores profissionais disputam partidas em um videogame. A partida tem narrador e comentador reais. Os feeds de todos os participantes são integrados com a tela que transmite o jogo, que apresenta ainda estatísticas em tempo real. Nesta primeira utilização prática, o Virtualcast realizou passeios de câmera entre os feeds, alternando ocasionalmente para uma visão aberta mostrando o cenário completo. O sistema permite ainda a tradicional gravação em fundo verde, que permitirá o posicionamento do participante em qualquer lugar do cenário.

Períodos de crise costumam resultar em novidades tecnológicas, já que as pessoas não têm outra opção que não seja criar novas soluções. Além do caráter inovador que trouxe fluidez ao formato dos programas forçado pela pandemia, a tecnologia ainda facilitou a pós-produção, já que o quadro fica pronto em tempo real.

Se quiser ver como o Virtualcast se saiu, visita a página do Futebol de Casa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.