IA determina relação entre fatores de risco e mortalidade por câncer de pulmão

Os principais fatores que afetam as taxas de mortalidade causada pelo câncer de pulmão já são bem conhecidos, mas ainda não se havia quantificado sua importância relativa. Pesquisadores da Universidade de Buffalo, nos Estados Unidos, desenvolveram uma inteligência artificial para desvendar esta relação.

No estudo publicado em dezembro, eles relataram que utilizaram fatores de risco relacionados ao estilo de vida, status socioeconômico, demografia, poluição do ar e ambiente físico, como por exemplo o hábito de fumar, o nível de pobreza e o acesso a planos de saúde, para determinar seu impacto na probabilidade de resultar em óbito causado por câncer de pulmão. Os dados foram tratados por um ensemble de modelos em conjunto com ferramentas de interpretação, que fazem parte da chamada inteligência artificial explicável. Eles observaram que os suspeitos principais figuraram no topo da escala de risco – prevalência de fumo, pobreza e elevação onde a pessoa morava -, mas mesmo assim, a força da associação era variável em função da região dos Estados Unidos, o que indica que a relevância destes fatores não pode ser considerada a mesma ao longo de todo o território.

Esta é uma descoberta interessante pois demonstra que a interpretação local, em casos como este, é mais importante que explicações globais. A determinação destes fatores em uma escala mais granular permite que medidas públicas de prevenção sejam adaptadas à necessidade de cada comunidade.

Segundo os cientistas, o potencial da inteligência artificial explicável ainda não foi devidamente explorado em estudos científicos. Eles consideram que seu trabalho demonstra como a inteligência artificial pode ajudar a realizar estudos epidemiológicos, permitindo identificar áreas de alto risco mesmo quando dados de incidência de uma doença não são disponíveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.