Índia adota inteligência artificial na prevenção de acidentes em rodovias

A Índia é um dos países com o maior número de acidentes e fatalidades no trânsito. Em função disso, o Ministério de Transporte Rodoviário anunciou esta semana que estará adotando programas de prevenção de acidentes baseados em inteligência artificial. Segundo o ministro no cargo, a tecnologia será aplicada em cenários como a investigação forense após acidentes, a identificação de padrões em função de pontos cegos, a criação de indicadores de fadiga e detectores de sonolência, e sistemas de prevenção de colisões.

Como a Índia tem se tornado um polo de desenvolvimento de tecnologia computacional, o governo tem a intenção de incentivar empresários locais para desenvolver soluções baseadas em inteligência artificial para o monitoramento e a garantia de respeito à legislação rodoviária. Algumas iniciativas já estão em andamento.

Na cidade de Nagpur, um projeto está sendo desenvolvido para identificar pontos cegos em estradas, com a expectativa de vir a integrar sistemas de segurança nas rodovias nacionais. A rodovia que liga a cidade de Delhi a Meerut está usando um sistema para a captura de placas, a identificação de discrepâncias na documentação de veículos, e o monitoramento de violações de leis de trânsito. Uma empresa estatal que opera ônibus implementou em junho do ano passado, em 1044 veículos, um sistema para prevenir colisões que opera prevendo a probabilidade dessas ocorrências e também monitora saídas da faixa.

Do lado dos grupos de pesquisa, o Instituto Indiano de Tecnologia desenvolveu um algoritmo para detectar sonolência em motoristas utilizando visão computacional, identificando atributos característicos como olhos fechados e bocejos. Em outro projeto, o Instituto criou um sistema de monitoramento das estradas para prevenir acidentes causados por curvas fechada e de baixa visibilidade, através da aplicação de sensores que detectam a velocidade, a direção, o gradiente da curva e o tipo de veículo para alertar o motorista sobre a iminência de uma curva deste tipo.

O incentivo fomentado pelo Ministério deve acelerar a adoção do uso da inteligência artificial em sistemas de segurança rodoviária, diminuindo a necessidade de interferência humana e tornando-os mais eficientes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.