PyScript: agora é possível embutir código Python em HTML

Quando o assunto é programação, a área de Ciência de Dados e Inteligência Artificial fala basicamente Python, que nos últimos anos se tornou a linguagem referência para o desenvolvimento de bibliotecas, modelos e código dedicado a este tipo de trabalho. Por outro lado, no ambiente web a linguagem que reina é Javascript, tanto que os navegadores são nativamente capazes de rodar código escrito nesta língua. Isto vinha sendo uma barreira para a disseminação de aplicações em IA, já que, se praticamente todo mundo tem acesso a um navegador, a execução de código Python exige a instalação de um ambiente exclusivo. Algumas das bibliotecas de IA mais relevantes possuem versões para Javascript, mas a funcionalidade costuma ser limitada e exige esforço dos desenvolvedores para fazerem as adaptações necessárias.

Mas isto está prestes a mudar. Na conferência PyCon US 2022, que terminou ontem em Salt Lake City, nos Estados Unidos, os desenvolvedores do Anaconda, um dos mais populares administradores de pacotes Python, anunciaram o lançamento do PyScript, um sistema que permite rodar código Python em HTML da mesma forma que já acontece com o Javascript. Isto deve popularizar ainda mais a linguagem, já que desenvolvedores front-end poderão utilizá-la em aplicações web com a menor fricção possível.

Uma das maiores vantagens é que o PyScript elimina a necessidade de deployment, ou seja, a criação de um aplicativo Python que roda na nuvem e para o qual um browser faz requisições, se comunicando através de uma biblioteca intermediária. Agora, o código inteiro pode rodar no browser do usuário, seja um PC ou um dispositivo móvel.

O PyScript foi possível graças ao WebAssembly, um sistema lançado em 2017 que permite escrever código – em princípio em qualquer linguagem – que então é convertido em um binário para que possa ser executado por um navegador. Conforme a comunidade vá se interessando por ele, mais linguagem devem ser incorporadas na rotina de trabalho de desenvolvedores web.

A versão alpha do PyScript pode ser encontrada em pyscript.net. Por enquanto ela oferece três flags que podem ser incluídas em código HTML:

  • <py-env>, que lista as bibliotecas necessárias para rodar o código Python;
  • <py-script>, que discrimina a localização do script (arquivo py) a ser executado;
  • <py-repl>, que cria um componente REPL (read-eval-print-loop, ou loop de leitura, avaliação e exibição, em tradução livre) que avalia o código que um usuário entra e mostra os resultados, podendo ser usado, por exemplo, para exibir um dashboard interativo.

Alguns exemplos de aplicações podem ser vistos na página no GitHub do projeto, e os desenvolvedores prometem que este é apenas o começo.

2 comentários em “PyScript: agora é possível embutir código Python em HTML”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.