Novos iPhones terão tecnologia de fotografia computacional

Na semana passada, a Apple anunciou a nova linha iPhone 12. Dentre as novidades, os novos smartphones terão recursos adicionais para fotografia, tanto em hardware quanto software, que refletem os esforços da empresa em agradar ao público que considera a câmera um dos recursos mais importantes dos celulares.

No campo do hardware, chamam a atenção uma câmera extra nos modelos Pro, especializada em fotografar objetos distantes, e um sensor lidar para melhorar o foco automático em ambientes com pouca luminosidade. Na área de software, a empresa incorpora vários recursos modernos de fotografia computacional.

A fotografia computacional é uma área iniciada pela Google, que durante anos buscou compensar em sua linha Pixel a melhor qualidade de hardware dos aparelhos da Apple com tecnologia de processamento. Entretanto, a geração atual dos iPhones já incorporou alguns desses recursos, colocando a empresa de novo à frente na disputa pelas melhores fotografias. Os aparelhos da linha 12 virão com a terceira geração da tecnologia HDR (high dynamic range), que permite uma melhor captura de detalhes de sombra. Este recurso inclui um sistema de inteligência artificial que decide por edições automáticas como, por exemplo, aumentar o brilho em fotografias com pouca luz. As fotografias poderão ser salvas em um formato “puro”, batizado de ProRaw, que é uma alternativa ao formato jpeg tradicional, permitindo aos usuários decidir como editar as imagens por conta própria. A tecnologia Deep Fusion vai permitir fundir vários frames com menor exposição para gerar mais detalhe e textura, sem, por exemplo, explodir a exposição das áreas mais claras. Além da câmera principal, as câmeras frontais e ultrawide também terão um modo noturno, permitindo a otimização dos níveis de luminosidade e efeitos como desfoque. Estas novidades farão uso do processador A14 Bionic, que é integrado pela CPU principal, um processador de sinal de imagem, um processador gráfico e o motor neural da inteligência artificial.

Algumas dessas habilidades também serão refletidas nos vídeos, que segundo a empresa, terão melhor captura de cores e brilho. Os aparelhos dos modelos Pro poderão filmar em modo HDR a 60 frames por segundo e em resolução 4K.

A linha iPhone 12 começa a ser comercializada esta semana.