GRAMMY 2021 usa inteligência artificial para oferecer experiências envolventes aos fãs da música

Em paralelo ao evento principal do GRAMMY este ano, a organização do evento disponibilizou uma plataforma onde os fãs de música podiam discutir sobre assuntos interessantes e relevantes relacionados a este universo. A plataforma, batizada de GRAMMY Debates with Watson, esteve disponível entre 2 e 14 de março, e fez uso dos serviços mais avançados do serviço em nuvem de inteligência artificial da IBM, o IBM Watson.

Em preparação ao evento de 2021, a IBM e a Recording Academy, associação que organiza o GRAMMY, realizaram vários workshops para discutir sobre experiências que pudessem atrair e envolver espectadores e fãs de música, utilizando recursos de tecnologia. Este é o quarto ano que as duas organizações firmam parceria para trazer o poder da inteligência artificial ao evento. A partir de 2019, por exemplo, os serviços de processamento de linguagem natural do IBM Watson permitiram exibir informações relevantes sobre os artistas durante o pré-show no tapete vermelho. Chamado de GRAMMY Insights with Watson, este recurso é responsável por pesquisar na internet informações interessantes acerca dos artistas e dos assuntos que eles estivessem conversando com os apresentadores que cobriam o evento, produzindo em tempo real insights para enriquecer a experiência dos espectadores.

O GRAMMY Debates with Watson, por sua vez, foi uma experiência aberta a todos os fãs do mundo, que podiam contribuir à discussão com seus pontos de vista sobre temas variados, como por exemplo a obrigatoriedade de ensino de música na educação fundamental. A inteligência artificial teve duas responsabilidades principais: analisar postagens públicas em redes sociais para trazer informações que pudessem informar o debate, e analisar os argumentos apresentados pelos participantes para produzir conclusões para cada tema abordado.

A ferramenta da IBM incorporou uma inovação desenvolvida pelos pesquisadores da empresa, chamada de análise de pontos-chave. Esta abordagem identifica os pontos mais importantes dos argumentos, que podem então ser tratados pelos algoritmos de PLN para gerar narrativas coerentes a favor ou contra cada tópico tratado. A IBM pretende incorporar este tipo de análise aos seus serviços comerciais em breve.

Ao julgar pela presença crescente da inteligência artificial nos eventos paralelos à premiação do GRAMMY, pode-se concluir que o casamento tem sido um sucesso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.